A Era de Aquário

Além do movimento de rotação da Terra em torno de seu eixo, há também um movimento que envolve uma lenta mudança deste próprio eixo, e a este movimento chamamos “precessão dos equinócios”. Por conta desse movimento a posição do Sol na eclíptica se modifica vagarosamente,modificando o fundo aparente das estrelas ditas “fixas”.

Um observador atento notará que, ano após ano, o Sol cruza o Equador no início de cada equinócio sempre um pouco antes do ponto cruzado anteriormente. Aproximadamente a cada 72 anos, os equinócios caminham um grau para trás, o que incorre na duração de cerca de 2156 anos para cada Era astrológica, e um ano sideral de 25868 anos terrestres (quando todo o zodíaco é percorrido).
Cálculos variados localizam a Era de Aquário como tendo início por volta do ano de 2600. Há algumas divergências quanto a isso. Max Heindel, por exemplo, aponta o ano de 2654 como início da Nova Era, enquanto que Shepherd Simpson aponta o ano de 2680. Divergências acerca da exatidão à parte, o importante aqui é compreender o que caracteriza a mudança de uma Era para a outra: a precessão dos equinócios.
Nos anos 60, pouco antes da estréia do famoso musical “Hair”, no qual foi lançada a conhecida canção “Let the sunshine in” (mais conhecida como “Aquarius”, por conta de seu refrão), ocorreu um acúmulo planetário (stellium) no décimo-primeiro signo zodiacal. Nos dias 4 e 5 de fevereiro de 1962, praticamente todos os planetas do céu visível (os planetas tradicionais da Astrologia) se encontravam alinhados no
signo de Aquário. Na ocasião, diversas reportagens e astrólogos anunciavam que este seria “o sinal” para o início da Era de Aquário.
Investigações em bibliotecas públicas poderão comprovar o que digo:
muitos astrólogos de todas as partes do mundo anunciavam o dia 4 de fevereiro de 1962 como sendo o início da tão esperada Nova Era, considerada a promessa de um período de paz, harmonia e fraternidade entre os povos.
Há dois pontos importantes a serem considerados, aqui: primeiramente, não obstante o fato de que o aglomerado planetário de 1962 tenha sido realmente impressionante, o que marca o início de uma Era não é um aglomerado num signo, e sim a precessão equinocial. É tecnicamente incorreto atribuir o início da Nova Era ao dia 4 de fevereiro de 1962; em segundo lugar, o acúmulo astrológico em Aquário foi seguido pelos mesmos tradicionais conflitos, guerras, manifestações de intolerância e todas as coisas que ainda fazem parte da natureza humana.
Vale destacar que nos encontramos num período de transição, em que a Era de Peixes manifesta seus derradeiros estertores e a Era de Aquário já mostra seus primeiros sinais. Apesar de a Nova Era só se iniciar por volta do ano 2600, é perfeitamente possível vislumbrarmos suas características desde já.
Por fim, como ponto de reflexão possível, vale questionar se a Era de Aquário é o que imaginamos que seja. Muitos idealizam a Nova Era, apostando nela como sendo um período de paz, amor e harmonia universais. Na prática, entretanto, uma Era astrológica não é melhor do que a outra, é apenas diferente, com novas virtudes e novos problemas. Que problemas possíveis podemos ter de enfrentar na Era de Aquário é assunto para muitas discussões que servirão como novos artigos para este site.
Que o sol nos ilumine

735 Total Views 2 Views Today
Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.